Support Center

Como configurar os impostos

Para várias pessoas que são iniciantes nas vendas online, a configuração dos impostos para a respetiva loja online pode ser desafiante. Os requisitos fiscais podem diferir consoante diversas variáveis, especialmente em caso de vendas internacionais. Neste guia, iremos explicar como os diferentes tipos de impostos são calculados e como pode configurá-los facilmente para vários clientes.


Tipos de impostos

Montante percentual ou montante fixo

Ao configurar impostos para produtos na sua loja, pode configurá-los com um montante percentual ou um montante fixo.

Por exemplo, se um produto que vale €150 tiver um imposto de 14%, o imposto pode ser definido como “14%” ou “21 €” (14% de 150 €).

Diferença consoante o país e região

Os impostos podem variar consoante os países. Como tal, se planear vender os seus produtos em vários países e regiões, pode definir impostos com respeito a esse país e essa região específicos.

Por exemplo, em alguns países da Europa, é obrigatório apresentar o preço com IVA (Imposto sobre Valor Acrescentado) em cada encomenda.

Pode obter mais informações sobre as Regras básicas do IVA para a Europa.

Endereço de envio ou faturação

Ao realizar vendas a nível internacional, diferentes países podem normalmente ter requisitos diferentes com percentagens de impostos. Tem a opção de aplicar impostos com base no país do endereço de envio ou o país do endereço de faturação.

Diferença consoante a categoria do produto

Pode surgir um cenário em que diferentes produtos têm diferentes impostos, por isso tem as opções de definir um imposto por categoria de produto. Em alternativa, também pode definir um imposto genérico para “Todos os produtos”, mas este imposto será acumulado com qualquer outro imposto especificado para categorias diferentes.

Por exemplo, em Portugal, o IVA do vinho é 13%, enquanto os livros têm 6% de IVA.


Aplicação dos impostos

O preço do produto já inclui os impostos

Trata-se de quando pretende incluir o imposto no preço de venda do produto, que, de modo geral, é a metodologia mais popular a aplicar ao definir os preços dos produtos. Desta forma, o preço indicado é o preço final do produto com os impostos incluídos.

Nota: assim que tiver configurado o imposto de um produto, esta opção ficará disponível para ser selecionada.

O imposto é calculado através da fórmula Imposto = (Taxa de imposto X Preço) / (1 + Taxa de imposto).

Por exemplo:

1 produto: 100 € (preço indicado no produto)

23% de imposto (incluído no preço estipulado do produto): 18,69918699187€

Subtotal: 100€

Total (preço ao efetuar o pagamento): 100€

Mostrar preço do produto com impostos incluídos com base na localização do utilizador

Se esta opção estiver selecionada, o imposto será calculado com base na localização do cliente e será adicionado aos preços do produto na loja.

A localização do cliente é calculada com base em (seguindo esta ordem de prioridades):

  1. Endereço da encomenda atual
  2. Endereço das estimativas da realização do pagamento
  3. Endereço do cliente atual
  4. Endereço IP do cliente

O envio já inclui os impostos

Com esta opção, pode incluir impostos de envio nos preços de envio apresentados.

Nota: assim que tiver configurado o imposto de envio, esta opção ficará disponível para ser selecionada.

Por exemplo:

1 produto: 100€ (preço indicado no produto)

10% de imposto do produto: 10€

Subtotal: 100€

Envio: 10€ [8€ de envio + 2€ de imposto de envio (não apresentado em separado)]

Total: 120€

Se esta opção não estiver selecionada:

Custos de 1 produto: 100€ (preço indicado no produto)

10% de imposto do produto: 10€

Subtotal: 100€

Envio: 8€

Imposto de envio: 2€

Total: 120€


Como configurar os impostos

Como configurar os impostos para a sua loja:

  1. Aceda ao painel de administração da loja. Na barra lateral, aceda a Definições e clique em Impostos.

    menu de administração
  2. Na secção “Taxa com base em”, defina o endereço no qual pretende basear o imposto: pode ser o endereço de envio ou o endereço de faturação (cada endereço pode pertencer a países diferentes).

    taxa baseada em
    • Por exemplo o João, que vive em Portugal, quer comprar vinho online numa loja portuguesa, mas não tem cartão de crédito. Por isso, pediu a um amigo nos EUA para pagar a encomenda com o seu cartão de crédito. Neste caso, o endereço de envio será Portugal, enquanto o endereço de faturação será nos EUA. É provável que os impostos nos dois países sejam diferentes na compra de vinho. Deste modo, o vendedor tem de definir se o comprador tem de pagar os impostos com base em Portugal ou nos Estados Unidos*
  3. Pode adicionar impostos diretamente nos preços dos produtos apresentados na sua loja. Esta opção fica disponível se existir, pelo menos, um conjunto de impostos de produto.

    Por exemplo:

    Taxa de produtos Preço já tem taxa
  4. Como a opção que descreveu acima, ao selecionar esta opção, os preços dos produtos terão os impostos incluídos. Os impostos dependerão do endereço do utilizador ou da localização do utilizador (se o endereço não estiver disponível). Se a opção estiver desativada, os preços dos produtos são apresentados sem impostos e os impostos apenas são adicionados no carrinho e ao realizar o pagamento.

    Isto apenas terá efeito quando a opção “O preço do produto já inclui Taxas” estiver desativada:

    Taxa de localização
  5. Poderá escolher se pretende ou não aplicar impostos ao preço do envio. Se assinalar a caixa, os impostos serão incluídos ao preço do envio. Esta opção fica disponível se existir, pelo menos, um conjunto de impostos do envio.

    Por exemplo:

    Taxa de Envio Opção de taxa de envio
  6. Se excluir os impostos do preço do envio (a caixa não é assinalada), tem a opção de adicionar percentagens diferentes de impostos ou montantes de impostos fixos. Quando os impostos são excluídos do preço da venda, o cliente veria uma descrição geral do subtotal, preço do envio e taxas, todos calculados em separado. Este seria o aspeto da realização do pagamento:

    Impostos checkout
  7. Os impostos podem ser adicionados da seguinte forma:

    • País (Todas as regiões)
      • Categorias de produto
      • Envio
    • País (Determinadas regiões)
      • Categorias de produto
      • Envio

    Por exemplo: Adicionámos uma imposto de 13% em vinho para o país “Portugal” e, mais especificamente, para a região “Porto”.

    Taxa de vinho

Impostos da UE

  • Aplicar automaticamente as taxas de imposto padrão para países da UE: esta opção aplicará automaticamente a taxa de imposto padrão para compradores de um país na UE com base no endereço. Esta opção apenas está disponível se o envio para pelo menos um país europeu estiver configurado e se a opção aplicar automaticamente taxas de imposto padrão para países da UE estiver ativada.

  • Isenção de IVA para empresas da UE: selecione esta opção para aplicar 0% de IVA a empresas da UE com um número válido para efeitos de IVA (validado pelo VIES), com exceção do país da loja. A sua empresa tem de estar registada para efeitos de IVA. Opção disponível se o envio para pelo menos um país europeu estiver configurado.

    • A isenção de IVA só é aplicada ao IVA automático da UE. Se a loja tiver impostos configurados que se sobreponham ao IVA automático da UE, a isenção não funcionará.
    • Quando os impostos estão incluídos no preço, o preço não se altera com a isenção de IVA. Neste caso, a taxa de preço do produto que é IVA é 0%.
    • Se os impostos não estiverem incluídos no preço e o cliente for isento de IVA, não se soma o valor do IVA.

Casos de exemplo

Caso de utilização #1: Garrafa de Pisco (Chile)

Preço do produto: 5000 pesos colombianos

Imposto 1 (19%) – 950 pesos colombianos (IVA normal)

Imposto 2 (31,5%) – 1575 pesos colombianos (bebida alcoólica)

Total – 7525 pesos colombianos

Isto pode ser configurado como:

  • 1 imposto geral aplicado a todas as categorias, que será acumulado com quaisquer outros impostos configurados (19%)
  • 1 imposto específico aplicado à categoria do álcool (31,5%)
Taxas Chile

Caso de utilização #2: PProdutos com impostos inferiores (ou mesmo 0%)

Em Portugal, quase tudo tem 23% de IVA, mas alguns produtos apenas têm um imposto de 6%.

No Chile, o café não está sujeito a impostos. Isto seria configurado como:

  • Todas as categorias teriam de ter o respetivo imposto especificado
  • A categoria “Café” estaria definida como 0%
Taxas Chile para produtos

Caso de utilização #3: Schnapps Bottle (Colombia)

Na Colômbia, além do imposto de IVA normal, o álcool tem mais 2 impostos: 1 aplica-se a bebidas alcoólicas de modo geral, enquanto o último é calculado com base na quantidade de álcool da bebida. Este valor pode ser considerado um montante fixo, uma vez que a quantidade de álcool numa bebida não sofre alterações.

Preço do produto: 20 000 pesos colombianos

Imposto 1 (5%) – 1000 pesos colombianos (IVA normal)

Imposto 2 (31,5%) – 6300 pesos colombianos (bebida alcoólica)

Imposto 3 (valor fixo, não %) – 5800 pesos colombianos (200 pesos colombianos x 29 graus de álcool)

Preço total: 33 100 pesos colombianos

Isto pode ser configurado como:

  • 1 imposto geral aplicado a todos os produtos, que será acumulado com quaisquer outros impostos configurados (5%)
  • 1 imposto específico para esta categoria de álcool (31,5%)
  • 1 imposto específico para a mesma categoria, mas com um montante fixo que reflete um montante cobrado pela quantidade de álcool da bebida (5800 pesos colombianos)
Taxas Colômbia para produtos

Se tiver alguma questão sobre tudo isto, pode entrar em contacto connosco a qualquer altura e teremos todo o gosto em ajudar.

Comece a vender connosco!

Experimente grátis durante 14 dias. Não é necessário cartão de crédito.