O termo "produtos digitais" refere-se a produtos de informação geralmente oferecidos na internet em formatos digitais. Um produto digital é um conjunto de informações que visam educar e treinar um grupo específico de usuários que o consomem. Eles são baseados no conhecimento e experiência do autor. Exemplos comuns deste tipo de produto são e-books, blogs ou um vídeo, para citar alguns.

Principais razões para criar seus próprios produtos digitais

  1. O custo ao vendê-los ou dar-lhes gratuitamente é zero

    A maioria dos produtos digitais que podem ser vendidos online são criados apenas uma vez. Eles podem ser vendidos automaticamente quantas vezes você quiser. Seu custo de criação é o mesmo se você o vende 1 vez ou 1000 vezes.

  2. Gerar valor para outras pessoas e sua marca pessoal

    As pessoas que adquirem seu produto digital (seja ele pago ou gratuito) estão baixando-o pois tem interesse de verdade nele. O assunto ressoa com eles e se você oferecer produtos digitais sobre um tópico específico (um e-book sobre como criar um blog, por exemplo), as pessoas irão passar a ver você como um especialista no campo, mesmo se eles não baixarem seu produto.

  3. Se o produto digital é bom, ele irá viralizar

    Se você criar um produto digital gratuito e de alta qualidade, há uma chance considerável de que você alcance um público muito maior do que o esperado originalmente. A Internet eo uso de redes sociais permitem que novas personalidades surjam todos os dias. Eles se tornam conhecidos por e-books ou vídeos bem-sucedidos que são úteis para um grande segmento de pessoas. O básico para isso funcionar, como você pode inferir, é qualidade, ao invés de quantidade. Não pense que gerando muitos produtos diferentes de baixa qualidade você pode alcançar o mesmo impacto de um produto bem feito que viralizou.

Vamos falar sobre alguns deles:

E-books ou livros eletrônicos

Produto digital

E-books são um dos produtos digitais mais comuns e populares. Este formato pode ser oferecido gratuitamente ou a um preço definido pelo autor. Ele pode ser criado como um PDF (o tipo mais básico) ou outros formatos para serem lidos de forma eletrônica (Kindle, EPUB, etc.). Se você quiser criar um e-book, você deve responder algumas perguntas básicas antes de começar:

  • Quais são os meus objetivos uma vez que o e-book estiver criado?: É muito difícil ganhar a vida vendendo apenas e-books. É por isso que muitos são feitos e distribuídos gratuitamente para um público que então é obrigado a fazer um registro de e-mail antes de obtê-lo. Desta forma, os clientes podem depois receber mensagens com assuntos de seu interesse. Para outras pessoas, a criação de um e-book representa um trabalho exaustivo de pesquisa, meses de análise e conclusões finais com a criação de material de qualidade que pode ser vendido por um preço justo. O primeiro passo é decidir qual é a função do e-book.

  • Para quem eu estou escrevendo?: Seja qual for o objetivo do e-book, você deve identificar claramente seu público, para que você possa criar o conteúdo certo para eles com o formato correto, uma voz e um estilo específicos. Se o seu público é composto, digamos, de jovens que amam videogames, um e-book deve se concentrar em imagens e um design dinâmico com pouco texto. Ele também deve estar disponível em vários formatos digitais diferentes. Se, pelo contrário, o seu público é feito de corretores que precisam de informações específicas sobre determinado tipo de ações, o e-book deve estar bem escrito, ter conclusões claras e informadas e estar disponível em formato PDF para que possa ser impresso.

  • Como você deseja distribuí-lo?: Você já conhece seu objetivo, o assunto e seu público. Agora você deve escolher a maneira como você alcançará seus usuários para que eles possam consumir seu produto digital. A Amazon oferece uma excelente plataforma para distribuição de conteúdo através do Kindle, o e-reader por excelência. A Amazon permite que qualquer pessoa publique conteúdo de forma rápida e gratuita, com um lucro de até 70% no preço de venda. O resto é composto de taxas e uma porcentagem que vai para Amazon. Outra opção é criar um arquivo digital por conta própria e vendê-lo diretamente em uma loja online. Esta é uma maneira eficaz e de baixo custo para vender esse tipo de produto e ficar com 100% do lucro. Jumpseller lhe permite vender rapidamente produtos digitais, experimente gratuitamente!

Podcast

Podcast

Os podcasts são basicamente uma gravação de áudio sobre um tópico específico; eles são muito populares ultimamente. É uma maneira interessante de compartilhar conhecimento sobre um assunto em particular. É habitual ter um convidado e conversar sobre uma série de assuntos pré-definidos, embora também possam ser improvisados. Eles duram entre 30 minutos a duas horas, dependendo de quanto tempo leva a conversa em cada sessão. Muitos oferecem seus podcasts gratuitamente, com apenas alguns episódios pagos com convidados especiais. Outros os disponibilizam completamente gratuitamente para quem está interessado, eles só ganham dinheiro com os patrocinadores. Aqui você pode verificar um exemplo de um podcast sobre tecnologia chamado Engadget.

Blogs e o poder das comunidades

Blogs Muitas personalidades das áreas de tecnologia, educação e outras indústrias, tornaram muito popular a criação de comunidades on-line para a proliferação de um negócio digital. Kevin Kelly, um importante autor americano sobre tecnologia, tornou popular a frase "mil fãs verdadeiros". Isso significa que qualquer negócio digital construído em torno de uma comunidade on-line, precisa apenas de 1000 fãs que realmente acreditam no conteúdo que está sendo criado e estão dispostos a adquirir o produto digital, para que a empresa seja lucrativa. Esses números não são muito exagerados. A criação de blogs ou comunidades não é uma tarefa fácil. Elas devem ser cultivadas ao longo do tempo com base em conteúdo de qualidade que resolva um problema para o público. Requer contato direto e pessoal e a constante criação de novos conteúdos e tópicos.

Temas ou modelos

A maioria dos sites são desenvolvidos usando uma tecnologia chamada Wordpress. Muitas pessoas não sabem que esses sites são feitos usando modelos pré-projetados ou "temas" criados por designers que os vendem on-line. Muitas lojas online oferecem esse tipo de produto digital e outras funcionalidades semelhantes, como design de logotipos, infográficos, etc. A loja online serve de contato direto entre designers e clientes. Fiverr ou Template Monster são alguns exemplos.