2022 - Os Melhores Produtos para Vender Online

A indústria de Comércio Eletrónico sofreu muitas mudanças nos últimos anos. Neste artigo falamos sobre algumas das tendências de Comércio Eletrónico e os melhores produtos para vender online em 2022. Desde tendências de produtos a lojas online revolucionadas, o panorama digital muda diariamente, e pode ser difícil de acompanhar.

2022 - Os Melhores Produtos para Vender Online

Depois da pandemia global e de picos nas vendas ao longo de 2020, os hábitos de compra atingiram um equilíbrio. Onde antes as pessoas corriam para o papel higiénico, desinfetante para as mãos e máscaras, agora estamos a ver que essas compras estão a diminuír.

Mais dados/tendências do consumidor apontam para os comportamentos de compra do nosso novo normal. Vamos ver quais os melhores produtos para vender online em 2022.


O que faz dos produtos boas opções para e-commerce em 2022?

Nem sempre é fácil encontrar o produto perfeito para vender. Nós compreendemos. Quer esteja apenas a começar com o e-commerce ou a procurar expandir o seu negócio, deve primeiro procurar compreender os seus clientes!

Contudo, existem algumas tendências de produtos que temos visto que muitas lojas de e-commerce de sucesso possuem. Vejamos a seguir algumas das características de uma grande estratégia de e-commerce.

Website funcional

Mesmo que esteja apenas a iniciar o seu negócio, deve ter um website. Especialmente em 2022, é necessária uma landing page, um catálogo de produtos, e um processo de checkout funcional para uma experiência de compra positiva.

Para pôr o seu canal de vendas a funcionar, procure saber o que a sua concorrência está a fazer. Se é um vendedor de saúde e beleza, por exemplo, certifique-se de que o seu website reflete os interesses do seu público.

Tenha uma estratégia de redes sociais sólida, e certifique-se de que consegue interagir com potenciais clientes em cada etapa do ciclo de compra.

Política de preços

Amplamente aceite como o ideal para compradores online, este intervalo de preços é perfeito quer para compras por impulso como para compras informadas.

Se os seus produtos tiverem um valor acima do intervalo de 10-40 euros, certifique-se de que aplica ofertas, saldos, ou tem preços competitivos face à concorrência.

Surpreendentemente, um produto com um preço superior a 50 euros pode levar um potencial cliente a procurar um melhor negócio noutro lugar.

Tome nota: os produtos com preço entre 1-10 euros não valem geralmente os custos de envio, levando os consumidores a comprar estes artigos em lojas físicas. No entanto, bens com preços mais baixos podem reforçar a sua estratégia de itens adicionais - caso tenha uma.

Produtos únicos

Se otimizar o seu website e os seus produtos, os seus clientes vão voltar à sua loja e repetir as compras porque vende os produtos mais inovadores e mais interessantes.

Se não apresentar produtos que atraiam os seus clientes, quaisquer outras estratégias de marketing de e-commerce serão infrutíferas. Como com todas as coisas no online, faça a sua pesquisa para ganhar vantagem.

Examine os produtos da concorrência e ofereça uma variedade suficiente para se diferenciar - especialmente se estiver a vender para um nicho de mercado.

Baixa manutenção

Quando confrontado com o stress de mercadorias expiradas, requisitos de armazenamento difíceis, e custos de transporte elevados, o seu orçamento de e-commerce poderá sofrer. Os seus produtos não devem ser perecíveis ou frágeis, e devem ser fáceis de armazenar e de enviar.

Se não conseguir vender toda a sua mercadoria antes que o frenesim de compras acabe, poderá ficar com muito stock acumulado - o que significa um aumento do stress de armazenamento.

Afaste-se de artigos potencialmente frágeis. Uma má experiência de expedição pode prejudicar a lealdade dos clientes.

Finalmente, um parceiro de dropshipping de confiança como o Syncee ou o Importify pode ajudá-lo com as suas necessidades de expedição e inventário.

Embora existam muitos produtos por aí, as melhores opções para um rendimento fiável e um negócio de e-commerce consistente são itens que são sempre relevantes e atuais, requerem poucos recursos de armazenamento, e são simples de fazer chegar aos clientes.


Os melhores produtos para vender online em 2022

Se for capaz de satisfazer os critérios acima e encontrar muitos produtos adequados às suas necessidades, a sua loja online está a começar bem! A próxima etapa é descobrir quais os produtos online que pode capitalizar.

Com a crise pandémica destes últimos dois anos, houve muitas mudanças no mercado, mas muitos artigos ganharam a sua posição no topo dos produtos para 2022. Vejamos alguns deles abaixo.

Artigos de decoração para casa

Com mais pessoas em casa durante períodos de tempo mais longos, muitos compradores online estão a virar as suas atenções para a decoração da sua casa. De facto, prevê-se que os materiais decorativos para o lar aumentem 4,8% anualmente até 2026.

Os consumidores querem ambientes confortáveis para passar o seu dia-a-dia e fugir ao caos que a pandemia criou.

Contudo, esta não é a única razão, com o mercado imobiliário a crescer e a não dar sinais de abrandamento. Aqui estão alguns artigos de decoração que vão dar que falar em 2022.

  • Tapetes, tapeçarias, e cobertores
  • Camas, almofadas e colchões
  • Recipientes de armazenamento
  • Toalhas de banho, toalhas de rosto, e outras roupas de banho

Produtos de saúde e beleza

Os produtos de saúde e beleza são fontes de negócio fiáveis para qualquer website de e-commerce. Com os níveis de stress a aumentar, as vídeo chamadas via Zoom, e a necessidade de criar rotinas na vida diária, as pessoas estão concentradas no seu bem-estar e aparência física.

De facto, a WARC informa que a percentagem de vendas online no sector da saúde e da beleza deverá aumentar 23,3% até 2025.

Como sempre, o foco não precisa de ser exclusivamente nas mulheres, uma vez que os homens também estão a comprar estes produtos! Aqui estão algumas ideias de bons produtos de saúde e beleza para 2022.

  • Cuidados de pele totalmente naturais
  • Chá e sumos de desintoxicação
  • Perucas e lenços para cabeça
  • Extensões de unhas

Produtos para animais de estimação

Não surpreendentemente, os animais de estimação geram grandes gastos no e-commerce! De facto, prevê-se que o mercado global de cuidados de animais de estimação ultrapasse os $270B até 2025.

Os animais de estimação ocupam um lugar central na vida dos seus donos, não são apenas “um animal”. Para os donos, a compra de produtos para os seus animais de estimação é tão natural como a compra de alimentos ou outros produtos básicos para o lar.

No entanto, existem alguns fatores que influenciam aqueles que compram produtos para os seus animais de estimação.

A maioria dos compradores é motivada por três coisas: manter a saúde dos seus animais de estimação; desfrutar dos tempos livres com os seus animais de estimação; e, garantir que estes se sentem confortáveis em casa. Veja abaixo alguns dos nossos produtos recomendados.

  • Tigelas de alimentação lenta
  • Ferramentas de selfies para animais
  • Brinquedos electrónicos para gatos
  • Camas de animais de estimação

Produtos tecnológicos

A tecnologia enraizou-se na nossa vida quotidiana, e os produtos tecnológicos são atuais e relevantes. Contudo, existem muitos artigos por aí, pelo que pode ser difícil decidir o que se deve vender. Mas há muitos grupos-alvo e nichos a que se pode vender.

Vale a pena investigar mais para compreender o que os seus clientes poderão gostar. Questionar os seus clientes através de e-mail marketing poderá ajudá-lo a descobrir quais os produtos que vale a pena vender. Seguem-se algumas opções abaixo.

  • Suportes de telemóvel para automóveis
  • Estações de carregamento sem fios
  • Tecnologia wearable
  • Extensões de portas USB

Capas de telemóvel e skins para portáteis

No seguimento da categoria anterior, toda a tecnologia necessita de protecção. As capas de telemóvel e skins para portáteis podem proteger os seus preciosos dispositivos de quedas ou oferecer mais personalização.

Os acessórios para smartphone são uma necessidade prática para qualquer proprietário, mas o comportamento dos compradores é motivado pela personalização.

Pense em como os seus potenciais clientes podem ficar entusiasmados quando podem comprar uma capa de telemóvel e uma capa para portátil a combinar. Se dispõe de muitos designs, trabalhe com uma empresa de impressão a pedido!

Só precisará de stock de um estilo de capa de telemóvel, e pode escalar conforme necessário para novos produtos. Terá apenas de alterar o desenho. Vai prender a atenção dos clientes, fazê-los voltar para mais compras, e aumentar os seus gastos na sua loja.

  • Capas de telemóvel
  • Malas para computadores portáteis
  • Skins para computadores portáteis
  • Suportes PopSockets

Produtos desportivos

À medida que as pessoas adoptam um estilo de vida cada vez mais saudável, os compradores procuram roupas confortáveis quer para usar em casa quer para sair de casa.

Seguindo os passos do athleisure, o activewear está também a emergir como uma das compras mais populares de 2022.

A mudança de estilo de vida em todo o mundo tem aumentado o investimento dos consumidores em fitness e acessórios relacionados. A indústria do desporto e do fitness está a crescer rapidamente e o mesmo acontecerá com as tendências do athleisure.

Recorra a plataformas como o Pinterest ou o Instagram para decidir quais os estilos a armazenar, e considere a parceria com um influenciador no Instagram ou anúncios no Pinterest para se destacar no meio da multidão.

Embora haja muitos produtos de activewear para homens, as tendências de “athleisure” feminino ocupam uma maior fatia do mercado em geral.

  • Leggings de cintura alta
  • Vestuário personalizado
  • Hoodies
  • Activewear de luxo

Tendências do Comércio Eletrónico para 2022

Chatbots

À medida que a Inteligência Artificial (IA) se torna mais refinada, as marcas começarão a utilizar a IA e o Machine Learning para melhorar a experiência do cliente.

Reduzindo os custos com pessoal ou suporte, os chatbots ou outros programas de Machine Learning podem comunicar com os clientes através de uma interface de conversação ao vivo.

Dependendo das necessidades dos seus clientes, os chatbots oferecem uma assistência afinada para perguntas e respostas, e na realidade ajudam a criar mais leads para o seu negócio, direcionando os clientes para páginas relevantes e mantendo-os envolvidos com o seu negócio.

Integração de Compras de Voz e Conversacionais

Em 2023, prevê-se que as vendas de voz no e-commerce cheguem aos $19.4B. Ao trazer a tecnologia de compras de voz e conversação para o seu negócio, pode interagir com os seus clientes de uma forma mais directa e em tempo real.

Aplicações de conversação como o Facebook Messenger, e aplicações de voz como a Siri ou a Alexa podem ajudar os seus clientes a finalizar a compra mais rapidamente e até a obter recomendações de produtos.

Alteração dos métodos de pagamento

Os clientes gostam de ver o seu método de pagamento preferido disponível no momento do checkout.

As lojas online que disponibilizam uma grande variedade de métodos de pagamento (em oposição às que oferecem apenas um ou dois métodos) geram mais confiança, reduzem a taxa de carrinhos abandonados, e encorajam os clientes a gastar mais.

Se quiser realmente oferecer uma experiência simplificada aos seus clientes, considere a possibilidade de procurar opções de financiamento buy-now-pay-later, bem como opções de pagamento com um clique.

Combinadas com a sua loja online, todas estas alterações irão ajudá-lo a reter, ou mesmo ganhar, mais clientes em 2022.

Marketing de vídeo

No mundo das compras online, o vídeo ainda é rei! Os vídeos podem atrair novos clientes ou ajudar um cliente a tomar uma decisão de compra. Utilize o vídeo no seu website e nas suas páginas nas redes sociais de modo a maximizar a sua exposição.

Pergunte aos seus clientes se eles lhe facultariam conteúdos gerados pelo utilizador, sob a forma de testemunhos em vídeo ou avaliações de produtos, de modo a obter uma maior exposição orgânica e gerar confiança na sua indústria.

Retalho offline, online

A Realidade Aumentada pode ajudar a moldar o processo de compras online, dando aos clientes uma experiência de loja física no conforto das suas próprias casas.

Dar aos clientes mais opções digitais para “experimentar” os seus produtos pode ajudar a encantá-los e entretê-los, bem como encorajar mais conversões.

Programas de fidelização e subscrições

Se os seus produtos não são adequados para subscrição, talvez queira considerar a possibilidade de reavaliar o seu stock, a fim de criar mais produtos baseados em subscrição!

Com as subscrições, pode cobrar continuamente os clientes por produtos ou serviços, o que combinado com o dropshipping pode ser um modelo de negócio muito lucrativo.

Além disso, programas de fidelização que recompensam os seus compradores frequentes podem trazê-los de volta para gastar mais dinheiro na sua loja.

E-Commerce móvel

Até 2025, espera-se que as vendas de e-commerce móvel dupliquem. Para capitalizar estas tendências, o seu negócio deve ter uma experiência atrativa para os compradores móveis.

Verifique tecnologias emergentes como notificações push, SMS, conteúdo móvel, uma app de e-commerce, e um site otimizado para telemóvel.

Comércio Social

Também o comércio social é agora a norma para qualquer pessoa que compre produtos online. Os clientes esperam que tenha uma montra de loja nas principais redes sociais.

De facto, prevê-se que as vendas do comércio social atinjam $79.6B até 2025! É importante construir uma estratégia para a sua loja de comércio social, bem como aprender a potenciar a publicidade paga para colocar os seus produtos à frente do seu público-alvo.

Personalização

Com aplicações como a Netflix a capitalizar os motores de recomendação, é evidente que mais de 80% dos consumidores querem mais personalização.

O seu negócio de e-commerce deve adaptar a sua estratégia a todos os compradores, de acordo com a etapa do funil de vendas em que se encontram.

Algumas tecnologias incluem: pop-ups personalizados, recomendações de produtos, emails de acompanhamento, e marketing personalizado.


Observações finais

Antes de vender artigos de tendência, faça a si próprio estas perguntas: Quais os artigos da minha loja de e-commerce que têm melhor desempenho?

Está uma grande percentagem da minha base de clientes a comprar numa categoria específica da minha loja online? Como é que os artigos de tendência de 2022 complementam o comportamento de comprador do meu website?

Embora seguir as tendências online possa ser tentador, é importante manter um fornecimento consistente de produtos sempre relevantes - itens que se vendem consistentemente.

Porquê? Não quer ser visto pelos seus clientes como estando “a tentar demasiado”, nem quer ter bens não comprados a ocupar espaço de inventário valioso.

Além disso, pode verificar as tendências nos websites dos fornecedores, bem como nos blogs sobre consumo. O nosso melhor conselho? Encontre os produtos de tendência que os seus clientes já adoram.

Depois de encontrar um artigo de tendência que eleve o seu catálogo atual, então, procure um subconjunto de clientes para saber mais sobre como os produtos de tendência de 2022 podem motivar os seus compradores a tomarem decisões de compra.

Comece a vender connosco!

Experimente grátis durante 14 dias. Não é necessário cartão de crédito.