Aprender

Introdução ao Comércio no Facebook

Um guia completo para entender o universo do Facebook Commerce

O Facebook tem grandes planos para integrar funcionalidades de comércio eletrónico nos seus produtos populares, como por exemplo a Facebook Shop, Marketplace, Ads, Messenger, Instagram e até mesmo no Whatsapp. A Facebook App está a ser atualizada para oferecer mais funcionalidades e para criar um conjunto/pacote que disponibiliza uma variedade de ferramentas e funcionalidades que pode ligar à sua Loja Online.

facebook-commerce

Neste artigo, exploraremos os três aspetos do Comércio no Facebook:

  1. Comércio
  2. Comunicação
  3. Anúncios

Pré-requisitos.

Antes de entrarmos em detalhes sobre as ferramentas individuais, vamos analisar alguns dos requisitos que terão de ser cumpridos para as implementarmos com sucesso.

  1. Página: Por esta altura, já deve ter criado uma página de Facebook para o seu negócio, é basicamente um requisito fundamental para quando quiser usar qualquer ferramenta associada com o Facebook. Se não sabe como fazer isso, pode ver em: Como crio uma página de Facebook?.

  2. Conta de Gestor de Negócio: Muitas pessoas confundem ter uma Conta de Facebook para o negócio com uma Conta de Gestor de Negócio, não são a mesma coisa! Uma Conta de Gestor de Negócio ajuda a organizar e gerir todos os aspetos do seu Negócio no Facebook, é onde tem de integrar o seu gestor de Anúncios, o seu Catálogo de Produtos e outros Ativos do Facebook que possa ter. Pode aprender a configurar uma Conta de Gestor de Negócios aqui: Guia para Configurar uma Conta de Gestor de Negócios.

  3. Catálogo de Produto: Esta é a parte mais entusiasmante para os comerciantes, pode ligar a sua Loja Online ao Catálogo de Produto do Facebook e importar produtos diretamente, isto permite-lhe então configurar uma Loja no Facebook (Isto também é importante para as Compras no Instagram). A Aplicação do Facebook faz isto por si automaticamente! O catálogo do Facebook pode ser usado por Páginas do Facebook, Anúncios, pelo Mercado, pelo Instagram Shopping e pelo Messenger.

  4. Pixel: O Facebook pixel é um excerto de código que é inserido no seu site para o ajudar a rastrear ações e estatísticas do Facebook. Apesar da Aplicação do Facebook inserir o código automaticamente, por agora, terá de criar um pixel no gestor de negócios e associá-lo como um dos ativos. Saiba mais sobre o Facebook Pixel.


1. Comércio

Loja de Página do Facebook

A Loja da Página do Facebook permite vender para um público enorme, pode adicionar produtos sem limite, criar coleções, verificar as suas estatísticas e criar anúncios! Também tem o Separador Loja que aparece na sua Página de Facebook na barra esquerda. Basicamente, assim que tiver uma Página de Facebook para o seu Negócio, terá a opção de usar o Separador Loja, no qual pode listar os seus produtos e vender facilmente (os produtos são mais acessíveis ao comprador). Se estiver nos EUA, pode vender diretamente sem que os clientes tenham de sair da plataforma.

facebook-commerce

Se tiver uma página de Facebook pessoal, pode criar facilmente a página para o seu negócio e importar os produtos da sua Loja Online. Isto também é conhecido como o Inventário da Loja. Assim que os produtos forem importados, pode apresentá-los nos Anúncios do Facebook (pendente de aprovação).

O vídeo seguinte demonstra como criar uma Loja de Página do Facebook do início:

Mercado Facebook

O Mercado é uma forma conveniente de comprar e vender produtos/serviços. Originalmente, não foi desenhada para negócios, mas sim para que os utilizadores vendessem artigos na sua área. Pode ver os produtos listados ou procurar artigos nas suas redondezas.

Os utilizadores podem pesquisar produtos que tenham sido postos à venda por categoria, preço e/ou localização. Isto coloca os utilizadores e os negócios em contacto direto com o vendedor. Por agora, o Facebook não fornece os detalhes de pagamento ou de entrega e também não verifica os produtos que estão à venda. No entanto, estão a testar uma opção de pagamento direto para isto, neste momento é uma opção apenas para o mercado dos EUA.

facebook-commerce

Vender no Mercado do Facebook tem muitos benefícios, tais como:

  • Comunicação em tempo real: Usando o Messenger, pode ter interação direta e rápida com os clientes, mesmo através do telemóvel.
  • Listagens grátis: Não tem de pagar para colocar produtos à venda.
  • Traga produtos às pessoas onde fazem compras: Venda a milhões de pessoas todos os dias.
  • Anúncios: Pode criar anúncios para aparecerem no Mercado e realçarem os seus produtos.

De momento, há três tipos de negócios que podem vender inventário no Mercado:

  • Automóvel
  • Imobiliário
  • Retalho e comércio eletrónico

Saiba mais sobre o Mercado do Facebook

Compras no Instagram

checkout

Um grande aspeto no qual assenta o sucesso do Comércio no Facebook está relacionado com as funcionalidades de compras no Instagram, em constante evolução. Semelhante à funcionalidade de Checkout na Loja do Facebook, os clientes podem agora fazer uma compra direta no Instagram sem terem de sair da plataforma. As compras no Instagram oferecem de momento as seguintes funcionalidades:

  • Marcar Produtos em Publicações

  • Checkout Direto

  • Conta @shop

  • Comprar diretamente em Perfis Comerciais

  • Botão Shop no Explore

  • Lista de Desejos

  • Compre diretamente a partir de Vídeos do Feed

  • Comprar aos Criadores

  • Anúncios

Saiba mais sobre as Compras no Instagram.


2. Comunicação

Messenger

No passado, muitos negócios usaram o Facebook Messenger para oferecer suporte em tempo real aos clientes, mas agora a Plataforma Messenger é muito mais do que isso!

Assim que a tiver integrado na sua loja online, pode usá-la de várias formas diferentes, dependendo do produto ou do serviço que fornecer. Marcar reuniões, atualizações de inventário, apoio ao cliente, acompanhamento de encomendas/envios, críticas de produtos, pedidos de produtos, promoções e até venda direta! A funcionalidade Compre já do Messenger permite-lhe fechar vendas rapidamente e aumentar as conversões.

Muitas empresas usam a funcionalidade do chatbot de um Messenger para aumentar o apoio ao cliente e as vendas usando a automação. Isto não só é eficiente como também pode ajudar a poupar dinheiro!

mobile demo

O Canal de Vendas do Messenger permite que os clientes vejam os seus catálogos de produtos com a aplicação do Messenger! E quando encontrarem algo que querem comprar, são levados para a página de checkout de comércio eletrónico.

Também tem a vantagem de trabalhar com empresas Parceiras do Facebook oficiais que podem tratar do canal de Vendas do Messenger em nome do seu negócio! Isto inclui:


Whatsapp

O Facebook tem grandes planos para o Whatsapp, especialmente no que diz respeito a Negócios. Estão neste momento a trabalhar para introduzir um sistema de pagamento para compradores, recentemente começaram a testar um serviço na Índia.

A App já tinha funcionalidades como:

  • Criar um Perfil de Negócios.

  • Ferramentas para automatizar e responder rapidamente a mensagens.

  • Abrir conversações com anúncios que clicam para o WhatsApp.

  • Enviar informações importantes às pessoas.

  • O API de Negócios permite até que negócios em grande escala enviem mensagens para clientes de forma eficaz e à escala.

Em relação à última visita: Whatsapp para negócios


3. Anúncios

Também pode usar os Anúncios do Facebook independentemente do Comércio no Facebook. Para tal, necessitaria de configurar o seguinte:

  • Catálogo de Produto

  • Pixel

  • Público Personalizado

  • Página

ads

O Facebook oferece diferentes tipos de formatos de anúncios, que são:

  • Vídeo

  • Imagem

  • Coleção

  • Carrocel

  • Exibição de Diapositivos

  • Experiência Instantânea

  • Anúncios de geração de oportunidades

  • Ofertas

  • Pós-ativação

  • Respostas a eventos

  • Gostos de páginas

Pode ficar a saber mais sobre os Anúncios no Facebook com o Guia de Anúncios do Facebook.

ads

Assim que começar a criar um anúncio, pode seguir uma lista abrangente de passos, tal como pode ver na imagem acima. A secção de gestão de anúncios do Facebook é fácil de navegar! Comece por escolher um objetivo que deseja atingir, escolha se deseja usar anúncios dinâmicos para o Facebook, introduza os detalhes em relação à campanha de anúncios (Oferta, Público, Orçamento, etc.). De seguida, poderá criar o anúncio em si, carregar imagens ou vídeos e ver a pré-visualização do anúncio que está a criar.

Pode personalizar os alvos do anúncio, para garantir que os seus anúncios são mostrados às pessoas certas. O Facebook interessa-se imenso por melhorar a experiência dos anúncios para utilizadores móveis, é por esse motivo que estão constantemente a atualizar o visual dos anúncios.

Espera-se que os anúncios gerem uma grande quantidade de receitas. Apesar de, neste momento, os anúncios seguirem o princípio do Faça Você Mesmo, os Anúncios do Facebook e do Instagram também se estão a mover no sentido de uma interface mais dinâmica, especialmente no que diz respeito a anúncios de vídeo! O que significa que o processo é mais automatizado. Por exemplo, o Facebook já afirmou que as páginas de destino automaticamente geradas com um vídeo dinâmico diminuem o custo por conversão.

Apesar de o Instagram já ter a opção popular de marcar produtos, agora ainda oferecem anúncios de Histórias Comerciáveis, anúncios em Vídeo, anúncios de Coleção e mais! Semelhantemente, no Facebook, os anúncios de histórias Comerciáveis vão tornar-se mais populares.

Veja a nossa lista de empresas que são consideradas as melhores ferramentas para criar Anúncios e Vídeos para o Facebook..

Depois de realizar uma campanha de Marketing, pode rever e medir o seu impacto nas vendas e fazer melhoramentos. Com alguns cliques, pode passar anúncios no Facebook, no Instagram, na Audience Network e no Messenger. Com uma única campanha, pode chegar às pessoas nos seus sites e aplicações preferidos.

Saiba mais sobre como criar um Anúncio no Facebook

Coloque as suas ideias em ação!

Crie a sua loja com o período experimental grátis de 14 dias.

Vejamos os Prós e os Contras

Os Prós

  • Menos Cliques: Os clientes podem comprar sem sair da plataforma de rede social. Menos cliques é um fator importante para aumentar as vendas.

  • Interação Direta: O Facebook permite que os consumidores contactem diretamente os vendedores. Desta forma, os consumidores podem esclarecer qualquer dúvida que possam ter em relação ao produto.

  • Personalização: Dê personalidade à sua loja com imagens e vídeos.

  • Tráfego: O Facebook tem muito tráfego orgânico nas suas plataformas que pode usar para aumentar as vendas.

  • Anúncios direcionados: Crie diferentes campanhas de Anúncios no Facebook, cada uma com um público alvo diferente, experimente. Remova ou melhore as que tiverem piores resultados.

  • Pagamento e Envio: Ainda em fase beta, mas será uma vantagem enorme! Irá ter toda a informação guardada na plataforma e poderá fazer uma compra com alguns cliques. Além disso, os clientes também receberão notificações diretamente na plataforma através do Messenger ou do Instagram, dependendo de onde fizeram a compra.

  • Suporte e Automação: O Messenger evoluiu imenso desde os velhos tempos, agora é uma verdadeira ferramenta de automação. Pode configurá-lo para garantir que os seus clientes nunca ficam pendurados.

Os Contras

  • Períodos de Atenção Curtos: A coisa, acima de todas as outras, que determina o sucesso do comércio no Facebook é a ativação. Se não publicar conteúdo regularmente, os utilizadores irão esquecer-se de si. É assim tão simples!

  • Interação Direta: Apesar de por vezes ser considerado um benefício, pode dizer-se que o contacto direto online com todos os consumidores pode ser demasiada pressão, visto que a carga de trabalho pode aumentar exponencialmente.

  • Segurança e Propriedade: As contas podem ser hackeadas, banidas, suspensas ou até as podem mandar abaixo, o que é um risco para o seu negócio, se depender apenas das vendas das redes sociais. Além disso, os clientes, tecnicamente, "pertencem" às plataformas de redes sociais e não ao seu negócio.

  • Integração e Personalização: Até agora, não podia haver qualquer personalização para o negócio, para lá do tema, se precisasse de um campo extra no checkout, por exemplo. Além disso, não tinha integrações com outras plataformas de comércio eletrónico úteis, como o MailChimp para newsletters.

  • Falta de Imagem de Marca: Tem a oportunidade de criar uma experiência de cliente única no seu próprio site. Uma ótima plataforma para contar a história da sua marca e construir a lealdade dos clientes.

  • Feed Instável: Qualquer atualização futura que o Facebook faça em relação ao feed para os utilizadores irá, sem qualquer dúvida, afetar a visibilidade das publicações da sua página, dos seus produtos, assim como limitar as suas oportunidades para integração com clientes novos e existentes. Além disso, só porque alguém Gostou da sua página, não garante que verão as suas atualizações nos seu feed de notícias.

  • Anúncios e Custos: Há uma dificuldade para pequenos negócios no que diz respeito aos anúncios no Facebook. Ou paga um custo por clique (CPC), com um mínimo de $.01, ou um mínimo de $.02 de custo por impressão (CPM). No entanto, o Facebook recomenda que ofereça mais do que isso ao criar o anúncio. Isto é porque se outros agentes publicitários pagaram mais, é mais provável que passem os anúncios deles em vez dos seus.


Usar o Facebook com a Jumpseller

Considerando todos os contras listados acima, é melhor começar o seu negócio online com uma plataforma de comércio eletrónico com total integração com o Facebook. Desta forma, pode desfrutar de todos os benefícios do comércio do Facebook, ao mesmo tempo que cobre os contras. A tecnologia de arrastar e largar nas plataformas de comércio eletrónico significa que pode começar sozinho e criar o seu próprio site com pouco ou nenhum conhecimento de programação.

Assim que criar uma Loja Online com a Jumpseller, pode então instalar a Aplicação do Facebook para fazer uso de todas as funcionalidades do Comércio Facebook. Por agora, apesar do Checkout só estar disponível nos EUA, os visitantes da sua página no Facebook podem adicionar produtos diretamente ao carrinho e serem direcionados para a página de Checkout, o que torna o processo de compra relativamente simples para o seu público no Facebook.