Aprender

Aproveite ao máximo as suas newsletters

Ao criar a sua newsletter, deve ter em conta três aspetos: o tipo de newsletter que pretende enviar, o conteúdo da sua newsletter e qual a plataforma que irá usar para enviar as suas newsletters. Para saber como aproveitar as suas newsletters, é útil primeiro delinear o objetivo. Enviar newsletters sem objetivo acaba por ser ineficiente e uma perda de tempo, por isso é bom colocar um plano em prática.

O objetivo pode ser partilhar atualizações sobre o desenvolvimento dos seus negócios, para inspirar ou entreter os seus subscritores, para manter um relacionamento positivo ou para promover os seus produtos. O objetivo final, é claro manter uma relação com o cliente e direcionar tráfego para o seu site. Observar a taxa aberta, a taxa de cliques, as taxas de cancelamento de assinatura e de rejeição dará uma boa indicação do sucesso das suas newsletters. De acordo com a knowledge Base de março de 2021, a média da taxa aberta de newsletters é de 16.97%, a média da taxa de cliques é de 10.29% e a média da taxa de rejeição é de 10.59%.

ilustração newsletters


Conteúdos

  1. Tipos de newsletters
  2. Como criar uma newsletter envolvente
  3. Use uma plataforma para criar as suas campanhas de newsletter

Tipos de newsletters

Durante o ciclo de vida do e-mail de e-commerce, existem diferentes tipos de newsletters que as empresas podem enviar, o que determinará a frequência e o conteúdo da newsletter.

Newsletters informativas

É o tipo de newsletter mais frequente, sendo normalmente enviado semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente. O objetivo desta newsletter é informar os seus clientes sobre quaisquer notícias ou eventos relacionados com o negócio, ou as tendências mais amplas do mercado durante essa semana. O conteúdo será relevante para o setor da indústria em que está inserido o seu negócio, estando alinhado com os interesses do seu público-alvo.

Newsletters Festivas

Como o nome sugere, esse tipo de newsletter é enviado em épocas festivas, como o Natal, a Páscoa e Ação de Graças. É uma boa oportunidade para se divertir um pouco mais com o seu conteúdo, desejar saudações festivas aos seus clientes, além de promoções de feriados. Se tem planos para fazer uma oferta de feriado ou doação, a melhor forma é enviar algumas newsletters em série, como uma espécie de teaser antes do dia, a saudação oficial no dia e um lembrete de "última oportunidade" após o feriado quando a oferta estiver prestes a expirar.

Promoções Especiais

Não se limitando apenas a feriados, outras ofertas e promoções podem ser partilhadas através de newsletters esporadicamente ao longo do ano. Estas newsletters normalmente têm conteúdo menos informativo e concentram-se num título ousado e recursos visuais para chamar a atenção dos espectadores, com um botão de CTA claro para o espectador resgatar a oferta.


Como criar uma newsletter envolvente

Deve ter em consideração a criação e desenho da sua newsletter, de modo que agregue valor aos seus clientes e os faça interagir com a sua marca. O sucesso da sua newsletter é determinado por dois tipos de conteúdo: escrito e visual.

Conteúdo visual

Mantenha um equilíbrio entre suficiente estimulação visual e excessiva. Com poucas imagens, corre o risco de entediar os seus leitores, mas, por outro lado, muitas imagens podem distrair e causar uma diminuição na taxa de cliques.

Ter muitas imagens e de grandes dimensões também torna o e-mail mais pesado, portanto, vai demorar mais para carregar. Não só perde a atenção do cliente com um e-mail de carregamento lento, mas também faz com que o seu e-mail vá automaticamente para a pasta de lixo eletrónico.

Outro fator a ser lembrado é que muitas pessoas bloqueiam imagens por padrão, então é melhor não confiar nas imagens para transmitir a mensagem. Ter o texto ALT configurado também pode ajudar, pois, significa que ainda há um texto descritivo onde a imagem costumava estar. Para ser inclusivo, é importante garantir que a sua newsletter está também acessível para assistentes de voz, no entanto, assistentes de voz não reconhecem o texto ALT, então, novamente, é importante garantir que a mensagem principal da newsletter não depende das imagens.

Considere cuidadosamente as imagens a incluir, porque imagens desnecessárias apenas carregam peso morto, enquanto as imagens específicas da campanha sempre têm probabilidade de ter um desempenho melhor. Por fim, certifique-se de que a newsletter está ajustável a dispositivos móveis.

Conteúdo escrito

O assunto do cabeçalho é o que vai chamar a atenção dos seus clientes na caixa de entrada, portanto, é importante torná-lo o mais cativante e atraente possível. Tente entrar na mente do seu leitor e pense sobre qual o título que podia motivá-lo a abrir um e-mail. O melhor assunto do cabeçalho será curto e rápido para despertar o interesse do cliente.

Conforme mencionado anteriormente, o conteúdo da sua newsletter dependerá do tipo de newsletter que vai enviar. Se for uma newsletter regular e informativa, pode fornecer uma continuação da conversa para que os leitores se sintam motivados a ler continuamente as newsletters subsequentes. O conteúdo deve ser informativo e preciso, incluindo, por exemplo, links para o seu blog, para que os seus clientes possam ler mais sobre o tema.

Como instrução geral, a maioria das suas newsletters devem ser informativas e não promocionais, porque o seu público perderá rapidamente o interesse e cancelará a assinatura se estiver sempre a tentar vender-lhes algo.

Finalmente, lembre-se de incluir um CTR, bem como botões de redes sociais para que os seus leitores possam partilhar o seu conteúdo com as suas redes.


Use uma plataforma para criar as suas campanhas de newsletter

A última coisa que deve pensar ao criar a sua campanha de newsletter é automatizar o processo de envio. Existem muitas plataformas disponíveis para ajudar a tornar o processo o mais suave e descomplicado possível. Já deve estar familiarizado com algumas das plataformas populares como E-goi, MailChimp ou AWeber, mas a lista é realmente infinita.

O uso dessas plataformas permite criar a sua newsletter e agendar o horário de envio. Algumas plataformas incluem a possibilidade de integrar plug-ins ou permitem que vários colegas editem o rascunho, bem como análises aprofundadas para avaliar o sucesso da campanha.

Author

Emily Da Silva

Marketing Digital
Emily D'Silva é uma contadora de histórias digital e criadora de conteúdo. Além de criar conteúdo para empresas, ela também contribui para publicações internacionais online sobre tópicos focados em negócios e marketing, inovação tecnológica, design e cultura e soluções sustentáveis.