Aprender

A Evolução do E-Commerce: Food Delivery e Take Away.

As plataformas em Portugal

Com a chegada da pandemia (covid-19), muitas alterações tiveram de ser feitas rapidamente. E uma delas diz respeito à exponencial procura por plataformas que disponibilizam serviços de take-away (venda de comida para fora) e entregas ao domicílio.

As alternativas tinham de chegar rapidamente por forma a travar a quebra abrupta de receitas no sector da restauração. O sector da restauração teve de comunicar aos clientes o lançamento de novos serviços, adaptando-se às circunstâncias atuais.

Assim sendo, centenas de restaurantes que foram obrigados a fechar portas, decidiram operar no regime de comida para fora e entregas em casa. Muitos funcionários da restauração que tinham outras funções passaram a fazer as entregas e outros recorreram a plataformas de take away.

Irei passar a explicar mais detalhadamente algumas destas plataformas, em particular as que mais se destacam no seu dia-a-dia, ou seja, as mais conhecidas.

delivery rider

UberEats

O Uber Eats é uma plataforma norte-americana de entrega de refeições, que trabalha com uma grande variedade de restaurantes e comidas locais. É a ponte de ligação entre os restaurantes e os consumidores.

O utilizador pode escolher entre uma ampla seleção de opções de comida, convenientemente disponível na aplicação que é por sua vez bastante intuitiva. O Uber Eats faz entregas ao domicílio em mais de 47 cidades portuguesas, e neste momento, a oferta já inclui mais de 4.000 restaurantes disponíveis em Portugal.

Com a aplicação Uber Eats, disponível no Google play e na App Store, é possível encomendar refeições todos os dias, para todos os gostos, ocasiões e locais, sempre sem valor mínimo por encomenda apenas com uma taxa de entrega de 2.90€.

Glovo

A Glovo foi fundada em 2015 em Barcelona e não entrega só comida. É um serviço que entrega quase tudo desde medicamentos a sapatos.

Existem 3 ofertas distintas na Glovo:

  • Comprar algo de um restaurante ou loja: aqui pode escolher um dos parceiros em qualquer categoria.

  • Enviar algo: sendo apenas necessário um ponto de recolha e um destino.

  • Pedir algo: descreva aquilo de que precisa e a Glovo torna realidade

Tem uma taxa de entrega de 2.90€. Esta plataforma tem também disponível a aplicação no Google play e na App Store.

Takeaway

É uma empresa Holandesa e uma das maiores da Europa de entrega de comida que chegou a Portugal em 2016.

Ao encomendar na Takeaway, o cliente particular não paga taxas de escolher um restaurante em que a entrega é feita pelos trabalhadores da plataforma. Se for o restaurante a entregar a refeição, é dele que depende a cobrança ou não de uma taxa pela encomenda.

Tem disponível a aplicação no Google play e na App Store.

noMenu

A noMENU já existe desde 1998 e é uma das pioneiras no serviço de entregas de refeições ao domicílio.

Pode fazer as suas encomendas através do site ou por telefone. Disponibiliza mais de 1200 restaurantes em 20 regiões de Portugal.

O preço do serviço consiste no valor da comida encomendada e numa taxa de 3,90 euros por encomenda, independentemente da sua dimensão.

Cookoo

É uma aplicação portuguesa que agrega restaurantes com diferentes estilos de comida, e por isso, é possível encomendar diferentes refeições numa única encomenda. É um kitchen hub, um espaço com vários conceitos gastronómicos.

A Cookoo foi criada em 2019 por 5 empreendedores e chefes de cozinha portugueses, com o objetivo de responder ao aumento da procura de refeições on-demand. O facto de centralizar a produção num único sítio permite otimizar custos e fazer entregas com maior rapidez, seguindo assim uma das grandes tendências conhecida como cloud kitchens.

São bastantes os restaurantes que se têm juntado ao Cookoo. O valor mínimo por encomenda é de 11,5 euros. Tem disponível a aplicação Cookoo Hub no Google play e na App Store.

SendEAT

É uma startup portuguesa que junta a logística (através da entrega de comida e compras de supermercado) com o marketplace (diversos restaurantes/cadeias alimentares no mesmo sítio) numa só plataforma.

À semelhança dos seus concorrentes, oferece a possibilidade de fazer a encomenda online, sendo o pedido transmitido ao restaurante, que, ao aceitar, é alocado um estafeta de modo a fazer a recolha e entrega.

O preço do serviço consiste no “valor a que o restaurante deseja vender” mais uma taxa de entrega de 2,95 euros. Se a encomenda for abaixo dos 15 euros, o cliente tem de pagar uma taxa adicional.

Está disponível através da aplicação SendEAT no Google play e na App Store.

EatTasty

É uma startup portuguesa de entrega de almoços.

A startup permite encomendar almoços feitos no próprio dia e aceita pedidos apenas até às 11h50. Apostam na confecção diária com ingredientes frescos e na entrega de comida ainda quente.

Tem disponível para download a app EatTasty na App Store ou no Google Play.

Bring Eat

É uma plataforma de entregas de refeições.

Todos os clientes poderão efetuar as suas encomendas através de três meios distintos: o website, a aplicação móvel e o call center. Todas as encomendas poderão ser feitas através de três simples passos: consultar as ementas, escolher a refeição e, por último, selecionar o meio de pagamento.

A marca opera em Coimbra, Viseu e Funchal, mas com o início da expansão em regime de franchising o objetivo da marca é expandir a sua área de atuação às mais variadas zonas do país.

Pode fazer o download da app Bring Eat! na App Store ou no Google Play.