Aprender

9 Dicas Valiosas Para Empresários Iniciantes!

Mesmo com dezenas de milhares de empresas de sucesso em operação, reunir dicas de negócios não é uma tarefa fácil. Não existe uma receita única para ter sucesso nos negócios.

Veja agora as nossas 9 dicas valiosas para empresários iniciantes para ajudá-lo a ficar informado quando começar a vender online.

starting-up


1. Crie uma cultura de confiança

Sente que é muito exigente com quem escolhe para trabalhar? Tudo está bem. As únicas conexões possivelmente mais importantes das que tem com os compradores são as que tem com as pessoas que trabalham consigo.

Tente trabalhar com várias pessoas de diferentes origens e experiencias, que você sabe que administrariam a empresa a favor da empresa. Os empreendedores de sucesso sabem que sempre terão lacunas no seu conhecimento. Aprender com colegas confiáveis é um dos mais fortes investimentos em desenvolvimento profissional que poderá fazer por si.

“A capacidade de estabelecer, crescer, ampliar e restaurar a confiança é a principal competência profissional e pessoal do nosso tempo.” – Stephen M.R. Covey, NY Times Best-Selling Autor


2. Compreender a importância das suas redes sociais

Muitos empresários colocam todo o seu foco do estabelecimento de um negócio nos aspetos técnicos. No entanto, envolver-se com uma rede profissional e construir uma comunidade forte para si mesmo, poderá ser mais tarde realmente vantajoso para si.

Através das redes sociais, poderá comercializar sua marca de maneira eficaz, transformando relacionamentos em possíveis parcerias e adquirindo conhecimento sobre a sua industria e concorrência.

Twitter, Facebook, Instagram — sites de redes sociais frívolos, correto?

Bem, não exatamente. Truques simples, como curadoria dos feeds das suas redes sociais, interação com os seus seguidores e posts de conteúdo exclusivo para o seu negócio, são ótimas maneiras de continuar a construir uma rede robusta de conexões.

Além disso, uma boa presença nas redes sociais compensa. Mais de 90% dos clientes atuais e potenciais alcançam uma marca online. Se possui grandes habilidades em redes sociais, é provável que possa transferi-las para os negócios e gerar mais conversões ou clientes.

"A sua rede é o seu património liquido." – Porter Gale, Former VP of Marketing at Virgin America


3. Todas interações representam a sua marca

Nos dias de hoje, um arquivo digital pode ser retirado em questão de segundos, revelando todas as transgressões passadas e presentes de uma empresa ou indivíduo.

Como empreendedor, você é o administrador da imagem da sua marca - seja ajudando no atendimento ao cliente ou entrando em contato com uma empresa para obter posts de qualidade.

Mesmo se administra uma pequena loja online, as suas palavras e ações podem ter um impacto considerável nos seus negócios - para melhor ou para pior.

“Uma marca é o conjunto de expectativas, memórias, histórias e relacionamentos, que juntos, são responsáveis pela decisão do consumidor de escolher um produto ou serviço em detrimento de outro.”– Seth Godin, Marketing Guru


4. Dinheiro não é tudo, mas não age como se não fosse

Ao longo do desenvolvimento da sua empresa, precisará de correr riscos. Por vezes, esses riscos envolverão dinheiro. Apesar de assumir riscos calculados resulte em resultados geralmente positivos, não é aconselhável gastar capital recentemente adquirido.

A sua conta de despesas deve ficar em bom estado: sem escritórios, carros ou móveis sofisticados. Quando executadas incorretamente, essas despesas podem arruinar as empresas.

Você acha que os seus funcionários ou parceiros ficarão felizes em saber que não está atingindo os objetivos e que não os pode pagar a tempo? Ou que o seu orçamento de marketing deve ser cortado no próximo mês?

Ao monitorar o seu fluxo de caixa o mais cedo e o mais rápido possível, evitará se tornar uma das muitas empresas que desistirão.

“Demasiadas pessoas gastam o dinheiro que ganharam ... para comprar coisas que não querem ... para impressionar as pessoas que não gostam".– Will Rogers, Actor Americano


5. Você vai falhar. Acostume-se a isso.

Investiu tempo e energia na sua ideia de negócio, apenas para descobrir que não há mercado para o seu produto. O que fazer?

Ninguém quer começar um negócio que vai falha, mas o fracasso é parte integrante dos negócios. Como abraçar este paradoxo?

Existem muitas soluções, mas a mais eficaz é tratar todas as falhas como uma oportunidade de aprender algo.

Os obstáculos podem oferecer a oportunidade de que não teria tido se tudo tivesse saído como planeado, fornecendo um conhecimento interno valioso.

Aproveite ao máximo os seus insucessos, e levante-se depois de cair.

“Mesmo se fracassar no seu objetivo ambicioso, é muito difícil fracassar completamente."– Larry Page, Former CEO of Alphabet


6. Nunca vai ser a “altura certa” para começar

Então tem a sua ideia de um milhão de dólares. Tem a certeza de que beneficia as pessoas, e de que se destaca da concorrência. Todos os dias, está trabalhando duro na sua empresa ou loja, para garantir que tudo está perfeito. Tudo bem -- exceto que estava programado para começar há três meses atrás.

Talvez porque pensa que o produto não está pronto ou que pode melhorar o produto. Talvez esteja com duvidas acerca da procura do mercado pelo o seu produto!

Deixe lhe dizer: não existe um momento perfeito para entrar no mercado.

Quanto mais cedo colocar o seu produto no mercado, mais cedo poderá obter feedback dos clientes e melhorar o seu produto em geral!

“Nos negócios, a perfeição é inimiga da lucratividade.” – Mark Cuban, Shark Tank


7. Mantenha a sua ideia

Como empreendedor, tem a oportunidade única de partilhar os seus conhecimentos com o mundo. As suas experiências podem ser tão valiosas quanto os seus produtos!

Entre em contato com autores de publicações e ofereça-se para criar artigos em blogs ou outros conteúdos com base na sua experiência e conhecimento específicos.

Muitas plataformas online têm necessidades de conteúdo que precisam de preencher, e com o benefício adicional de puder reforçar a reputação da sua marca como também a) o super-herói que entra em ação e faz o trabalho e b) o valioso provedor de conteúdo.

Ao concentrar na sua ideia, poderá transformar conhecimento valioso e pensamento inovador em conteúdo que pode criar fluxos mais lucrativos para o seu negócio.

“O Nosso trabalho não é criar conteúdo. O Nosso trabalho é mudar o mundo das pessoas que o consomem. ” – Andrea Fryrear, Marketing Coach


8. Valorize o seu tempo pessoal

O seu negócio é exatamente isso, seu negócio. Não é você.

Você tem familiares, amigos, hobbies e interesses que também merecem a sua atenção. Mesmo depois de dedicar todo o seu foco e energia à sua empresa, guarde um pouco para si.

Poderá ficar mentalmente esgotado logo no início, impedindo assim, que a sua empresa cresça o mais rápido possível.

Pense no seu tempo como um investimento: você colocaria todas as suas apostas em um resultado ou diversificaria (um pouco) para evitar possíveis falhas? Comprometa-se a usar o seu tempo pessoal, para que, ao retornar às suas atividades comerciais, possa obter ainda mais.

“Você não pode ter tudo, mas pode ter as coisas que realmente importam para si." – Marissa Mayer, former president and CEO of Yahoo


9. Goste do cliente. Ame a concorrência.

Não cometa erros, os clientes são importantes. Num mundo de quase dois biliões de compradores digitais, negligenciar as necessidades dos seus clientes poderá causar lhe problemas.

No entanto, o mais difícil é entender a importância que a sua concorrência tem na estratégia do seu negócio.

Escusado será dizer que a internet se move cada vez mais rápido - todos os dias. Pode ser difícil acompanhar as muitas mudanças do mercado.

No entanto, como em outra qualquer situação, dados informados sempre podem melhorar qualquer empresa.

Pesquise a sua concorrência, e descubra estas três ideias principais:

  • O que a concorrência está a fazer melhor comparado consigo

  • O que a concorrência está a fazer pior comparado consigo

  • O que a concorrência está a fazer igual a si

Com estas informações, deve poder criar novas táticas de marketing e se envolver com os seus potenciais clientes de maneiras nunca antes imaginadas.

“A concorrência é sempre mais feroz - mesmo quando pode oferecer um valor muito melhor, levar os clientes a tentar algo novo é uma batalha difícil.” – Josh Nickell, Saturn Security Systems